Buscar

Amigos que acompanham participando e participam acompanhando a Galhofada.


Neste momento damos início à Galhofadaweb, Uma Galhofada diferente porque virtual, mas com o mesmo sabor de cidadania. Enquanto esvaziamos as ruas para protegermos nossa saúde e a do nosso vizinho, enchemos nossos corações de respeito e amor ao próximo.


Inúmeros artistas, técnicos e produtores de cultura se reuniram através das plataformas virtuais para dar conta de mais uma grande festa.


O que há 16 anos acontece na Ilha da Galhofa, no Setor Pedro Ludovico, em Goiânia, Brasil, se torna mundialmente visível e espalha alegria por todo canto.


Nunca estivemos tão isolados, mas tão juntos ao mesmo tempo. Sigamos assim.


Taí a programação, curta!

Vai Tudo acontecer aqui ó!

habitaracidade.com/galhofada





95 visualizações0 comentário

Está no ar mais um projeto parceiro do habitaracidade.com: o CAPU (Coletivo de Ações Poéticas Urbanas).


Realizando trabalhos como intervenções urbanas, exposições de arte, cenografias e expografias, o CAPU procura aliar conhecimentos da arquitetura e urbanismo ao campo artístico, entendendo que a ação participativa é um ato transformador, fundado em se fazer como um desejo produtivo, numa construção permanente da memória. Ao propor ações poéticas urbanas, o coletivo coloca em discussão as relações entre corpo e cidade, investigando instrumentos para novas perspectivas de convivência no espaço público, interpretando e experienciando o lugar poeticamente. A elaboração do entendimento da cidade enquanto espaço conflituoso e de vivência, em que o acontecimento artístico explicita esses conflitos e fomenta micro-resistências, perturbando a imagem tranquilizadora do espaço urbano, potencializam as intervenções como práticas pedagógicas artísticas coletivas.


Todas as sextas-feiras o coletivo atualizará o site com uma ação que já foi realizada. Fique atento!

O catálogo lançado pelo grupo está disponível aqui no site, acesse!




18 visualizações0 comentário

Este trabalho pretende refletir sobre a dinâmica entre publicidade, espaço público e cidadãos, através da intervenção urbana Não Propaganda, realizada pelo coletivo baiano GIA, também observando os processos de mediação da mesma com a produção de um vídeo arte produzido pelo grupo a partir da filmagem da realização da ação na cidade de São Paulo, em 2006. Essa intervenção buscou tratar da comunicação nas cidades por meio de placas, faixas e panfletos amarelos sem conter nenhuma palavra ou desenho, propondo uma reflexão acerca das opressoras estruturas de propaganda e de marketing de produtos que continuamente excedem e deformam os espaços públicos de circulação e as festas populares. Dessa forma, o artigo procura analisar o impacto dessa intervenção urbana, levando em consideração a resposta do público que a atravessa, como esses corpos a apreendem nos deslocamentos urbanos e de que forma o registro da mesma em vídeo arte contribui na produção de sentido nas cidades.


Título: Não Propaganda e espaço urbano: Reflexões sobre intervenções urbanas, publicidade na cidade e vídeo arte

Autoria: Elisa Maria Barros Marques e Emilliano Alves de Freitas Nogueira

Ano: 2020

Palavras-Chave: Intervenção Urbana, Publicidade; Vídeo arte, Cidade, Coletivos.


Para o link do trabalho completo clique aqui.




21 visualizações0 comentário