"A voz do Morro" em homenagem à Jovelina Pérola Negra

Você sabe quem foi Jovelina Faria Belfort? Ela nasceu em e logo fincou pé na Baixada Fluminense. Foi uma cantora e compositora brasileira, e uma das grandes musas do samba. Voz rouca, forte, de tom popular e força batente. Herdeira do estilo de Clementina de Jesus, foi, como ela, empregada doméstica antes de fazer sucesso no mundo artístico.


Verdadeira tiete do partideiro Bezerra da Silva, Jovelina começou a dizer seus pagodinhos no Vegas Sport Clube, em Coelho Neto, levada pelo amigo Dejalmir, que também lançou o nome Jovelina Pérola Negra, homenagem à sua cor reluzente.


E para nos ajudar a desvendar o universo de Jovelina, vamos conversar com sua filha e herdeira musical: Cassiana Belfort ou Cassiana Pérola Negra. Cassiana é cantora, figura fácil nas rodas de samba do Rio de Janeiro. A conversa nos dará a possibilidade de lembrar da grande contribuição que Jovelina deu ao samba, além de trazer à tona a reflexão sobre a mulher e seus espaços, seja no samba ou na cidade.


Para acompanhar Cassiana na roda de conversa teremos pessoas de diversos estados que trarão visões diferentes sobre o samba, a periferia e claro, sobre a Pérola Negra. A turma: Antônio Sacco (Historiador - MG), Bárbara Rigaud (Produtora Cultural e Bloco TPM - RJ), Gabriela Leandro (Gaia) (Coletivo Terra Preta e FAUFBA - BA) e Maximira Alves Luciano (Dona da Roda - GO).

Não perca! Inscreva-se já!

17/09 – 19h

www.habitaracidade.com/vozes