• Arthur Cabral

Goiânia à noroeste: da ocupação ao novo centro urbano

Esta semana o portal habitaracidade.com traz à biblioteca "Goiânia à noroeste: da ocupação ao novo centro urbano", dissertação de mestrado de Anderson Ferreira da Silva apresentada em 2014 à Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Brasília. Discutindo contrapontos entre centro e periferia e abordando diferentes expressões da segregação socioespacial urbana, o autor analisa práticas e movimentos de grupos que, embora marginalizados, fazem das margens a sua centralidade. Boa leitura!


"A cidade é o espaço organizado da sociedade, da vida, da cultura, do comércio e dos valores urbanos. Ela é dotada de elementos como ruas, bairros e regiões e nelas as pessoas se instalam, constroem suas casas e seus modos de vida. Porém, esse lugar pode separar um grupo do outro e restringir determinados cidadãos de seus direitos, estes são os que estão às margens, os segregados. Mas, essa distinção pode gerar práticas que fazem com que os personagens que estão nesse grupo se sintam responsáveis por desenharem e fazerem de seus problemas urbanos e sociais o ponto forte dos movimentos de lutas por seus direitos dentro do seu universo e de seu centro tido como urbano, ainda que ele esteja marginalizado."


Título: Goiânia à noroeste: da ocupação ao novo centro urbano

Autoria: Anderson Ferreira da Silva

Orientação: Luiz Alberto de Campos Gouvêa

Dissertação de Mestrado - Universidade de Brasília, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, 2014.


Acesse o trabalho completo em habitaracidade.com/biblioteca